Susan Boyle encanta audiência com maravilhosa apresentação de 'Unchained Melody': "O talento dessa mulher é um presente para a humanidade"

Mar 03, 2021 by apost team

Susan Boyle se tornou uma sensação instantaneamente em todo o mundo depois de aparecer na terceira temporada do programa "Britain's Got Talent." Embora essa introdução tenha ido ao ar há mais de uma década, Boyle conseguiu manter um nível de poder raramente visto por celebridades televisivas. Aquela apresentação do clássico de Les Mis "I Dreamed a Dream" foi assistida milhões de vezes, incluindo pela carrancuda, depois surpresa, face de Simon Cowell.

Susan Magdalene Boyle nasceu no dia 1 de Abril de 1961, em Blackburn, West Lothian. Seu pai, Patrick Boyle, foi um veterano da Segunda Guerra Mundial, minerador, e também cantava no Bishop Blaize. Sua esposa, Bridget, trabalhava como digitadora de taquigrafia. O casal teve nove filhos; quatro meninos e cinco meninas, com Susan sendo a última a nascer. Quando criança, lhe disseram que ela havia desenvolvido uma certa dificuldade de aprendizagem, como resultado de uma privação de oxigênio durante o parto. Em uma entrevista ao Guardian em 2013, a cantora foi bem sincera sobre como sofria bully de seus colegas só por ser "diferente." Ao longo da sua vida, Susan sofreu explosões emocionais e lutou contra interação social e comunicação, que frequentemente interferia em sua capacidade de formar relacionamentos e agir da maneira correta. Cantar seria a única atividade que poderia lhe consolar.

"Eu venho de uma família musical," Susan disse. "Sempre esteve lá, do meu pai para baixo. Cantar é algo que sempre fiz. Tem estado no meu sangue desde que eu tinha 12 anos e comecei a fazer parte dos shows e produções da escola."

Então, finalmente na casa dos 50 anos, ela foi diagnosticada com a síndrome de Asperger.

Não se esqueça de ir até o final do artigo para ver o vídeo completo :-)

Susan Boyle (2014), (Robert Benson/Getty Images)

Susan visitou um médico para falar sobre ansiedade, que ela resumiu como algo que estava errado com ela.

"Eu fui procurar um diagnóstico com um especialista Escocês," Susan explicou. "Ninguém me disse. EU achei que eu tinha uma doença mais séria, e que não podia funcionar direito."

Seu médico prescreveu vários exames para ela que eventualmente mostraram que ela tinha um "QI acima da média."

Susan admitiu ter ficado grata por receber aquele diagnóstico, mas deixou claro que não deixaria que isso a definisse.

"Isso não vai fazer nenhuma diferença na minha vida. É apenas uma condição com a qual eu tenho de viver e superar," ela disse, adicionando que ela apenas esperava que isso pudesse ajudar os outros a entendê-la melhor e assim mostrar empatia.

"Eu acho que as pessoas vão me tratar melhor porque terão uma compreensão maior de quem eu sou e porquê eu faço o que faço."

Ela deixou a escola com poucas qualificações e entrou em um programa governamental de treinamento vocacional para encontrar emprego. Susan também perseguiu a carreira de cantora profissional, ocasionalmente fazendo apresentações locais. Ela se tornou uma membro do coral da igreja, onde ela também se voluntariava. Por fim, a cantora foi aceita na Escola de Atuação de Edimburgo e apareceu no Festival Fringe de Edimburgo - um evento anual em toda a cidade que apresenta artistas locais. Em 1999, Susan gravou um álbum para a caridade chamado "Cry Me a River," que foi vendido cerca de 1000 cópias. A estrela até mesmo teve uma pequena passagem pela televisão Britânica, participando do programa "My Kind of People."

apost.com

Susan Boyle (2011) (Martin Fraser/Wireimage/Getty Images)

Eu participei do My Kind of People só por diversão," ela disse. "Eu também cantei localmente, mas as coisas deram uma acalmada."

Mas quando sua mãe, Bridget, começou a ficar frágil demais para cuidar de si mesma, Susan deu uma pausa na música para cuidar dela. Depois que sua mãe faleceu, em 2007, ela sentiu-se inspirada para arriscar e fazer um teste para o programa "Britain's Got Talent."

"Eu tive um pouco de descanso depois que a mamãe faleceu, mas eu assisti o Britain's Got Talent na televisão e pensei que precisava tentar."

Ela participou da sua primeira audição em Glasgow naquele mês de Outubro, seguida por um segundo diante de Simon Cowell e seus co-jurados. "Eu estava muito nervosa," ela disse.

Na época, Susan se diferia bastante dos concorrentes que estávamos acostumados a ver no programa. Ela era uma mulher de meia idade simples, de uma área rural da Escócia, e que usava um vestido bege rendado e um caloroso sorriso. Tanto os espectadores quanto os jurados ficaram sem saber o que esperar. Mas quando ela cantou "I Dreamed A Dream," todo o auditório ficou instantaneamente perplexo com sua voz incrivelmente linda.

"Eu esperava que as pessoas fossem ser sínicas," Susan disse. "Mas eu decidi vencer a rodada. É isso o que você faz. Eles não sabem o que esperar. Antes do Britain's Got Talent, eu jamais tive uma chance adequada. É simples assim. Você só precisa seguir em frente e dar um passo de cada vez, e um dia você vai conseguir. Você só não pode desistir."

Susan Boyle (2012) (David Becker/Getty Images)

Aquela noite lançou Susan ao estrelato internacional. Ela representou um tipo diferente de exemplo; um que não se encaixa na narrativa tradicional de celebridades famosas. Ela era apenas uma pessoa comum que havia passado dos 40 anos de idade, muito diferente daquela beleza das celebridades de cinema que vemos nas capas de revistas sofisticadas. Mas ela sabia cantar; bem, de fato. Ela foi uma prova de que qualquer um pode correr atrás de seus sonhos, independentemente de sua origem ou aparência. Ela ficou em segundo lugar na temporada de 2009 do "Britain's Got Talent," mas isso só marcou o começo do seu estrelato internacional.

Infelizmente, depois de da sua temporada no "Britain's Got Talent," Susan deu entrada no hospital The Priory Clinic, em Londres, por causa de exaustão e ansiedade. Na época, a imprensa ao redor da cantora havia ficado muito intensa. Na época, Piers Morgan, que foi um jurado no programa quando Susan participou, disse à BBC que a atenção que ela recebeu foi "louca" e que "ninguém poderia prever isso."

"Ela não estava acostumada com isso, e só precisava descansar," Morgan disse. "Ela disse que estava exausta, e disse que estava física e mentalmente esgotada, ela esteve doente algumas vezes na semana anterior, não estava dormindo, não estava comendo - e sentiu todo o peso da mídia mundial esmagando seus ombros," ele adicionou.

Felizmente, Susan se recuperou e logo voltou ao trabalho, fazendo turnês com o "Britain's Got Talent" e depois gravando sua própria música.

Em 2011, apenas dois anos depois de sua aparição no show de talentos da televisão, Susan lançou uma apresentação da clássica música, "Unchained Melody."

Susan Boyle (2013) (Scott Campbell/Getty Images)

Embora a música fosse originalmente cantada por Alex North em 1995, ela ficou famosa quando os Righteous Brothers a regravou, uma década mais tarde. A música apareceu no disco "Someone to Watch Over Me," e isso fez dela o seu terceiro sucesso a alcançar o primeiro lugar nas paradas do Reno Unido, de acordo com a BBC.

Falando com o Sun na época, Susan revelou que o título do seu álbum foi inspirado em sua busca pelo amor.

"É sobre aquela pessoa especial que eu adoraria conhecer, aquele anseio por essa pessoa," a cantora explicou. "Quando ele aparecer, ele vai ser aquela pessoa que vai cuidar de mim e eu vou cuidar dele. Você precisa de alguém para cuidar de você, e eu não tenho isso desde que minha mãe morreu."

Você pode se lembrar que Susan admitiu durante sua audição no "Britain's Got Talent" que aos 47 anos, ela jamais havia beijado alguém.

"Todos nós gostamos da ideia de compartilhar nossas vidas com alguém que vai nos proteger e olhar por nós. Eu estou bem sozinha, e essa pessoa especial ainda não apareceu." Ela disse. "Eu tive algumas ofertas no passado, e deixa eu te dizer, alguns eram lindos. Eles dizem: 'Eu vi seu vídeo no YouTube e eu acho que gosto de você. Eu vivo sozinho e também preciso de alguém'."

De acordo com o Daily Record, Susan finalmente teve seu primeiro namorado aos 53 anos. Não se sabe muito sobre ele, exceto que ele tem por volta da mesma idade dela, e que ele era um médico Americano.

Susan Boyle (2013) (Matt Kent/WireImage/Getty Images)

Infelizmente, embora a cantora possa descrevê-lo como o "cavalheiro perfeito," ela acabou desistindo.

"Eu não quero dizer mais sobre quem ele é agora, pois isso seria injusto com ele. Tudo o que eu vou dizer, é que ele tem mais ou menos a minha idade e que ele é um cara muito lega," ela disse, adicionando que o relacionamento a longo prazo com ele "não era prático."

Susan acompanhou sua interpretação de "Unchained Melody" com um deslumbrante videoclipe em preto e branco, no qual a cantora se apresenta cercada por sua orquestra. Aqui, a disposição serena e solene em todo o clipe engloba perfeitamente o clima da famosa canção. Ela foi fiel à música original, adicionando seu toque "Susan" a ela com sua mágica voz. O vídeo que foi postado no YouTube no seu lançamento, atraiu mais de 10 milhões de visualizações desde que foi postado, assim como milhares de comentários elogiando a talentosa cantora por sua performance. Uma fã, Sarah McCormack, escreveu que Susan e sua música era importante por causa das memórias que ela trouxe de sua falecida mãe.

"Uma versão simplesmente maravilhosa dessa música, Susan," McCormack comentou. "Eu trouxe o seu álbum para minha mãe há cerca de 5 anos, sabendo que ela ia amar. Ela havia acabado de ser diagnosticada com câncer de mama na época. Infelizmente, ela faleceu há 3 semanas atrás, e ela pediu que a sua versão de Unchained Melody tocasse no seu funeral. Foi simplesmente emocionante, e todos estavam chorando. Amei, Susan."

Outros fãs escreveram sobre o quanto a cantora é talentosa, com um comentando que o talento de Susan foi "um presente para a humanidade."

O que você achou da versão de "Unchained Melody" cantada por Susan Boyle? Conta pra gente qual é a sua impressão, e não se esqueça de compartilhar com seus amigos e familiares!

Role para baixo para ver mais artigos interessantes :-)