Para mostrar os efeitos do Bullying, mamãe posta vídeo de filho chorando e dizendo que quer morrer

O filho de Yarraka Bayle, Quaden, tem uma desordem genética que resulta em nanismo, e ele sofre bullying rotineiramente por causa de sua aparência física. Depois que sua mãe postou um vídeo mostrando-o perturbado por causa do bullying, chamando a atenção na internet, Quaden que mora em Brisbane na Austrália, recebeu apoio de pessoas de todos os lugares do mundo, como da Europa e dos Estados Unidos.

Em transmissão no Facebook, a mamãe, Yarraka Bayles, da Austrália, compartilhou um vídeo de seu filho, no dia 18 de fevereiro. Ela havia filmado o filho logo após pegá-lo na escola, depois de ele ter passado por um incidente no qual foi vítima de bullying de uma menina na sua sala de aula. Quaden nasceu com Acondroplasia, que é uma condição genética que causa o nanismo. Por causa de sua aparência, ele é diariamente vítima de bullying na escola e em locais públicos.

apost.com

No vídeo, Bayles disse que ela viu o filho correndo "histérico para o carro, pois não queria que eu fizesse uma cena na escola". Bayles disse que ela viu outro estudante batendo na cabeça do filho e fazendo graça da sua altura.

Quaden pode ser ouvido no vídeo falando sobre pensamentos suicidas através de lágrimas, enquanto a mãe diz:

"Eu tenho um filho que tem pensamentos suicidas quase que diariamente. Isso é o que o bullying faz, pessoal."

A mãe de Quaden também explica no vídeo como o bullying não é algo associado apenas a escola, mas acontece também sempre que estão em público. De acordo com uma entrevista para a emissora australiana SBS, Bayles disse que a primeira tentativa de suicídio de Quaden aconteceu quando ele tinha penas seis aninhos de idade, após o falecimento do avô.

"Eu só quero que as pessoas conheçam e vejam o impacto, por que esse poderia ser o seu filho, ou o seu filho poderia estar praticando bullying com outra criança e levando-a ao limite", disse Bayles no vídeo enquanto chorava. "Deus nos livre de perder outra criança para o suicídio por causa de bullying".

Junto de seu ativismo no apoio ao povo indígena australiano, Bayles foi a público anteriormente para encorajar a mudança com relação ao bullying e para levantar a conscientização sobre as deficiências. Bayles compartilha frequentes atualizações sobre o filho em sua página do Facebook, "Stand Tall 4 Dwarfism."

Em uma conta no Instagram criada para Quaden vem recebendo mensagens de apoio de pessoas de todo o mundo. Depois de ter uma resposta tão grande, a mãe de Quaden fez um pronunciamento:

"A família de Quaden Bayles gostaria de usar esse momento para a gradecer a todos pela emocionante demonstração de amor e apoio de tantas pessoas de todo o mundo. Quaden sentir esse amor, é tudo o que ele precisa para descansar. Estamos conhecendo as pessoas apropriadas no poder para fazer mudanças e se impor contra o bullying."

O tio de Quaden, James Roberts está no time de rugby australiano Ingigenous All Star, NRL, e Quaden acabou sendo convidado para levar o time para o pontapé inicial em sua partida no final de semana. Ele até tirou uma foto com o jogador Latrell Mitchell, que acabou de assinar com o time para a temporada 2020. O time All Star filmou seu apoio em um a vídeo onde Mitchell disse:

"Ei Quadey... só queria te desejar tudo de bom, irmão, nós sabemos que você está passando por dificuldades agora, mas os caras estão aqui... queremos você por perto, e queremos que você nos leve para o campo no final de semana. Vai ser mais importante pra gente do que será pra você, mano. Não se esqueça de cuidar de você mesmo, e esperamos que nos vemos em alguns dias".

Além do apoio australiano, Quaden recebeu o apoio de todas as partes do mundo através dos comentários e outros vídeos de encorajamento no YouTube. Pessoas de toda a Europa e dos Estados Unidos mostraram pra Quaden que ele é amado e querido, apesar de todo o bulluing que ele sofre.

O que você acha da decisão dessa mamãe de postar o vídeo contra o bullying? Você conhece alguém que já fez algo similar? Conta pra gente nos comentários, e compartilhe com seus amigos e familiares para saber o que eles acham também!