O bebê não parava de chorar, então, o médico do PS examinou seus dedinhos

Pais de primeira viagem se enchem de alegria e encantamento com seu presentinho dos céus. Um dia, aquele bebezinho vai se transformar em um adulto, do mesmo tamanho que você. Só que, por enquanto, esse pequeno ser humano precisa de amor e atenção o tempo todo, e da sua ajuda para fazer qualquer coisa no dia a dia. Desde dar comida até trocar as fraldas, você é responsável pelos cuidados diários e pela atenção constante que o bebê requer.

istockphoto.com/ChristinLola

Então, o que fazer quando o bebê está chorando e você simplesmente não consegue descobrir por quê? Essa é uma situação comum a todos os pais. Aquele momento em que a criança chora e você parece não ser capaz de entender o motivo pode ser extremamente frustrante.

O bebê já foi alimentado, fez suas necessidades, dormiu por tempo suficiente e sua saúde é ótima. Mesmo assim, ele chora sem parar.

Como pai ou mãe de primeira viagem, é provável que você sofra de preocupação tentando descobrir o que há de errado e como resolver.

apost.com

istockphoto.com/FamVeld

Os bebês choram por tantos motivos diferentes que, às vezes, pode ser difícil descobrir exatamente o que há de errado. Os pais aprendem os diversos tipos de choro dos filhos, conhecem seu significado e sabem o que precisam fazer para trazer as crianças de volta à tranquilidade.

Pais e mães nunca devem ignorar um bebê chorando. Entretanto, o que fazer quando ele chora por nenhuma razão aparente?

Pode haver uma coisa que ainda não foi verificada! Talvez, seu bebê esteja sentindo dores moderadas por um motivo que você jamais consideraria.

Recentemente, a revista Today publicou uma reportagem dizendo que os bebês costumam chorar por causa de fios de cabelo! Os fios soltos podem ficar enrolados nos dedinhos dos pés e formar o que denominam de “síndrome do torniquete de cabelo.” Os torniquetes interrompem a circulação sanguínea nos pés ou dedos da criança, e isso pode provocar um alto nível de pressão na pele.

Assim, o bebê sente muita dor, e não é capaz de se comunicar com você ou de retirar o fio de cabelo que está enrolado.

Nos meses mais frios, os dedos dos pés quase sempre ficam protegidos por meias, e é provável que os pais nem vejam qualquer cabelo. É possível prevenir o problema. Basta verificar os dedinhos, os pés e as mãos da criança em busca de fios de cabelo enrolados.

Isso já aconteceu com alguém que você conhece? Conte para a gente nos comentários! Esse problema pode ser prevenido facilmente, mas não é tão conhecido por muitos pais de primeira viagem. Repasse este artigo para avisar a todos os pais que você conhece!

Nosso conteúdo é criado segundo nossos melhores conhecimentos, contudo, apresenta uma abordagem genérica e não pode de forma alguma substituir uma consulta individual com seu médico. Sua saúde é importante para nós!