Filmagens de 1993 mostram a personalidade de Meghan Markle

Jun 11, 2022 by apost team

Após a reveladora entrevista da Oprah Winfrey com a Meghan Markle e o Príncipe Harry, os fãs ressurgiram com um vídeo de Meghan de 1993, quando ela tinha apenas 11 anos de idade. Os fãs consideraram o vídeo revelador no que diz respeito à Meghan e sua dedicação às causas sociais. A filmagem foi uma nostálgica representação da consistência de Meghan quando se trata de igualdade e direitos das mulheres. De uma carreira de atriz na infância e vida adulta à se tornar a Duquesa de Sussex e depois se afastar, a vida de Meghan foi cheia de altos e baixos, mas através de tudo, ela continua defendendo as causas que tocam a sua paixão pela igualdade.

Meghan foi muito querida como atriz na televisão antes de se casar com o Príncipe Harry e se tornar uma Duquesa. Com a série de televisão "Suits - Homens de Terno" sendo um sucesso tão grande, Meghan conseguiu fazer com que seu nome ficasse muito maior do que era quando atuava em papeis menores. Depois de se casar com o Príncipe Harry, Markle se tornou um nome bem popular. Durante seu período em Hollywood e no Palácio de Buckingham, Meghan descobriu maneiras apoiar iniciativas com as quais se importa, que vão desde os direitos da mulheres à diplomacia jovem e liderança global. Meghan chegou até mesmo a ser uma embaixadora da ONU pela Igualdade de Gênero e Empoderamento das Mulheres, além de ser defensora inflexível da Campanha Água Limpa (Clear Water Campaign) da organização não governamental internacional World Vision.

Embora Meghan tenha passado por muita coisa nos últimos anos, esse vídeo nos lembra que ela provavelmente sempre foi — e sempre será — dedicada às causas pelas quais é apaixonada, independente dos desafios que possam aparecer pelo caminho.

Não se esqueça de ir até o final do artigo para ver o vídeo completo :-)

Meghan Markle (2022) (Max Mumby/Indigo/Getty Images)

Em poucos anos, Meghan foi de uma atriz de sucesso à Duquesa de Sussex. Depois do seu casamento com o Príncipe Harry em 2018, o que deveria ter sido um período muito feliz para o casal se tornou um período de muito escrutínio da mídia. Em um raro e surpreendente movimento, o Duque e a Duquesa de Sussex anunciaram em 2020 que estariam se afastando de suas posições como membros sêniores da Família Real Britânica. Em vez disso, o casal escolheu viver uma vida com suas próprias regras. A entrevista com a Oprah Winfrey foi um dos maiores eventos desde que o casal se afastou de suas obrigações com a realeza e se mudaram do Reino Unido para a Califórnia nos Estados Unidos. A entrevista foi ao ar na CBS no dia 17 de Março de 2021. Naturalmente, a entrevista chamou muita atenção do público, estimulando os fãs a olharem para a vida de Markle com uma realeza e também para a sua carreira no passado.

Meghan já havia conquistado seu próprio status antes mesmo de conhecer o Príncipe Harry. Como uma atriz, Meghan já havia se destacado com o seu próprio esforço antes mesmo de te visto o Príncipe Harry. Ainda assim, a fama que ela viveu como atriz não poderia de forma alguma tê-la preparado para toda a notoriedade que ela conquistaria após se casar com o Príncipe Harry em 2018, se tornando oficialmente a Duquesa de Sussex. Quando todo o mundo voltou seus olhos para o casal, ficou claro que os dois estavam namorando em 2016, de acordo com o Town & Country. Porém, o amor não foi o suficiente para blindá-los do escrutínio, particularmente depois que o Príncipe Harry deixou de ser um membro sênior da Família Real em 2020.

apost.com

Prince Harry, Meghan Markle (2022), (Wiktor Szymanowicz/Anadolu Agency via Getty Images)

Meghan e o Príncipe Harry tiveram um encontro às cegas em 2016, e os dois teriam supostamente se dado bem desde o começo. Meghan provavelmente sabia que havia finalmente encontrado o amor da sua vida, levando em consideração à velocidade com que as coisas progrediram. E provavelmente o mesmo aconteceu com o Príncipe Harry, que revelou à Vogue: "Eu fiquei maravilhado quando eu entrei na sala e a vi. Eu estava tipo, eu terei que dar o melhor de mim agora."

Em um romance realmente turbulento, o Príncipe Harry levaria Meghan para a Botswana apenas algumas semanas mais tarde, de acordo com o Town & Country. Mais tarde o casal descreveu a viagem como algo que os aproximou, fazendo assim com que o relacionamento se iniciasse. O país e a viagem se tornaria especial para o casal com o passar dos anos — tão especial que o diamante central do anel de noivado de três pedras de Meghan teria vindo da Botswana.

A viagem foi realmente um momento para o casal se conectar sem pressão ou escrutínio. "Nós estávamos realmente por conta própria, o que foi crucial para que eu garantisse que tivéssemos a chance de nos conhecer," o Príncipe Harry disse à Vogue.

Na mesma entrevista para a Vogue, Meghan se lembrou de como ela sentiu quando o Príncipe Harry a pediu em casamento. Ela disse:

“Foi uma surpresa incrível. Foi tão meigo e natural, e muito romântico; ele se ajoelhou."

Meghan e o Príncipe Harry até mesmo fizeram o seu casamento em 2018 mais privado. Em sua entrevista com a Oprah Winfrey o casal falou sobre como eles trocaram os votos matrimoniais privadamente três dias antes do casamento. A BBC relata que Meghan disse:

"Nós chamamos o arcebispo e simplesmente dissemos, 'olha, essa coisa, esse espetáculo é para o mundo, mas nós queremos a união entre nós... só nos dois em nosso quintal'."

Meghan Markle (2014), (Clodagh Kilcoyne/Getty Images)

Seja trabalhando como influenciadora ou como atriz, Meghan sempre carregou seus ideais consigo durante sua vida. Seu pai reconheceu a motivação que a filha tinha para mudar a maneira como as coisas funcionavam. Como alguém com conexões na indústria cinematográfica, ele até mesmo ajudou Meghan a escrever para várias pessoas influentes, incluindo Hillary Clinton. Parece que o barulho feito pela dupla funcionou, já que as suas ações levariam a uma empresa de sabão a mudar seu lema, do controverso "Mulheres de Toda a América," para "Pessoas de Toda a América," de acordo com o Yahoo Life.

Ainda equilibrado sua carreira de atriz com sua educação, Meghan nota a dificuldade do processo por trás de escolher estudar comunicação na Northwestern University em uma entrevista com a Chicago Tribune. Embora Meghan soubesse que sua paixão era atuar, ela não gostava da ideia de ser uma garota clichê de Los Angeles com o sonho de se tornar atriz. Claro que ela seria qualquer coisa, menos clichê.

Sem deixar suas paixões caírem no esquecimento, Meghan mais tarde se mudaria para Illinois para estudar na Northwestern, na cidade de Evanston. Escolhendo a dupla especialização ao estudar relações internacionais e teatro na prestigiosa universidade, é bem provável Meghan não fazia ideia do quanto influentes ambas as graduações seriam ao longo da sua vida. Ainda lutando como seu desejo de causar um impacto, e de sua paixão pela atuação, Meghan decidiu seguir a política em seguida. Mesmo quando trabalhava como estagiária na Embaixada dos EUA na Argentina, Meghan ainda era uma centelha para o mundo do teatro e da atuação.

Meghan Markle (2016), (Mireya Acierto/FilmMagic/Getty Images)

Escolhendo não comprometer seus estudos ou sua paixão, Meghan continuou fazendo testes enquanto completava seus estudos. Isso eventualmente a levaria a assumir uma das garotas das maletas no programa "Deal or No Deal." Descrevendo sua experiência para a Esquire, ela disse: "Eu fui a infeliz número 26, que por algum motivo, ninguém escolhia. Eu acabava ficando lá de pé para sempre, com esses saltos 12.7 centímetros, só esperando alguém escolher meu número para que eu pudesse ir me sentar."

Meghan continuou aceitando pequenos papéis nos anos seguintes, incluindo em trabalhos como "Lembranças (Remember Me)" e "O Pior Trabalho do Mundo (Get Him to the Greek.)" Ela também interpretaria uma personagem de "General Hospital," mas foi com a sua estreia na famosa série de televisão dos EUA, "Suits - Homens de Terno" que tudo mudaria para ela. Em uma entrevista com a Marie Claire, Meghan falou sobre sobre como ela mudou exatamente da política para a atuação:

"Eu sempre fui uma nerd do teatro na Universidade Northwestern. Eu sabia que queria atuar, mas eu odiava a ideia de ser clichê assim — uma garota de Los Angeles que decidiu se tornar atriz. Eu queria mais do que isso, eu sempre adorei política, então eu acabei mudando minha formação completamente para o teatro e relações internacionais ... eu tive certeza de que ainda teria uma carreira política." "

Meghan destacou exatamente a chance que mudou a sua trajetória:

"Então eu voltei para Los Angeles, para o Natal, e uma amiga do colégio me apresentou esse empresário. Ele viu um filme de estudante que eu fiz e disse, 'quer saber, você ai fazer muito dinheiro, e eu vou ficar com 10%, e acho que você deveria ficar por aqui'."

Meghan Markle (2010), (Charley Gallay/Getty Images/Benefit Cosmetics)

Porém, pavimentar seu caminho para o mundo da atuação não foi sempre fácil para a Meghan.

"Eu fui realmente mimada, porque eu agendei o meu primeiro teste imediatamente, então essa é a maior provocação de todas, porque você pensa, 'é fácil assim.' Considerando todas as coisas ... foi definitivamente uma luta."

Meghan continuaria interpretando o papel da sua personagem americana, Rachel Zane em "Suits" durante todo o ano de 2018, o mesmo ano em que ela se casou com o Príncipe Harry. Para Meghan essa foi uma segunda chance no amor, após seu casamento anterior com o produtor Trevor Engelson. Meghan e Engelson se casaram em 2010, e se divorciaram em 2013. Isso acabaria sendo o melhor a acontecer, já que apenas três anos mais tarde, Meghan conheceria o Príncipe Harry. No entanto, apesar de todo o sucesso de Meghan, sua infância foi bem formativa para ela, provavelmente moldando-a na pessoa que ela se torno hoje.

Nascida no dia 4 de Agosto de 1981, a infância de Meghan foi uma daquelas que a maioria dos moradores de Los Angeles poderiam apenas sonhar. Sua vantagem no show business pode parcialmente ser atribuída ao seu influente pai, Thomas Markle, que já era um diretor de iluminação vencedor do Emmy por conta própria. Houve até mesmo momento em que os Markles trabalharam juntos nos bastidores, fazendo do cinema um verdadeiro negócio em família. Porém, só por ter trabalhado na indústria desde jovem, não significa que ela parou de estudar. Meghan frequentou uma escola só para meninas em Los Angeles, conhecida comoImmaculate Heart High School. Pelo fato de o pai de Meghan já ser envolvido com o show business, Meghan foi exposta ao trabalho do pai quando ainda era bem jovem. Meghan descreveu sua infância em uma entrevista com a Esquire, dizendo:

“Todos os dias depois da escola, durante 10 anos, eu estava nos sets de 'Um Amor de Família,' que foi um lugar muito divertido e perverso para uma garotinha com uniforme de uma escola católica crescer."

Com sua escolaridade tendo um contraste tão direto com o tempo em que passava nos sets, Meghan também disse:

“Em diversas ocasiões meu pai diria, 'Meg, por que você não vai ajudar com os serviços de artesanato ali: Isso é um pouco estranho para os seus olhos de 11 anos'."

A exposição de Meghan ao trabalho do seu pai foi recompensada. Quando ela fez 11 anos, ela participou de um programa da Nickelodeon que foi ao ar em 1993. O vídeo tratava de publicidades sexistas depois que os alunos receberam uma atribuição de estudos sociais para assistir comerciais de televisão e observar qualquer mensagem subliminar. No vídeo, a jovem Meghan falou sobre a maneira como ela notou que uma propaganda de um detergente deixava insinuava que só a mulher era responsável pela responsabilidade de manter a casa limpa.

Uma entrevista separada para a People deu uma visão mais ampla de sua consciência social em formação na época. Ela descreveu ter assistido a um comercial de um detergente aos 11 anos e notou o quanto o comercial a deixou chateada por ter como público alvo exclusivo a audiência feminina.

“Eu não creio que seja certo para a crianças crescerem pensando essas coisas, que só a mamãe tem que fazer tudo," Meghan disse à revista.

No evento “20º aniversário da Quarta Conferência Mundial das Mulheres em Pequim" da ONU em 2015, Meghan relembrou o vídeo da Nickelondeon mais uma vez, ela disse:

"Quando eu tinha 11 anos, de alguma forma não intencional, eu me tornei defensora das causas femininas... dois meninos da minha sala disseram, 'sim, é lá que as mulheres pertencem, à cozinha'," ela disse. "Eu me lembro de ter me sentido chocada e com raiva, apenas me sentindo muito magoada — isso não foi certo, e algo precisava ser feito."

O ressurgimento do antigo vídeo mostra a consistência de Meghan quando se trata de igualdade de gênero. Mesmo quando ainda era uma garotinha tão jovem, Meghan já estava sintonizada com os papéis de gênero, e isso só mostra como o ativismo que ela faz hoje não é nada novo para o seu caráter.

É ótimo ver que os valores de Meghan são consistentes desde que ela tinha apenas 11 anos de idade! Você não acha esse vídeo da Meghan muito nostálgico? Conta pra gente o que você achou, e não se esqueça de compartilhar com seus amigos e familiares que sejam fãs da Meghan também!

Role para baixo para ver maias artigos interessantes :-)