Família fica assustada quando cachorro ataca criança de 7 anos até descobrirem que ele se sacrificou

Descrito como "trinta e um quilos de risos, lealdade e amor", o cachorro da família DeLuca se colocou entre uma cobra mortal e dois membros vulneráveis da família. Se não fosse por sua intervenção protetora, Molly, de apenas sete anos de idade e sua avó de 75 teriam provavelmente sido as vítimas.

Ele é um Pastor Alemão de dois anos de idade que foi adotado de um abrigo local de animais para preencher o vazio deixado quando o cachorro que eles tinham morreu. Eles colocaram seu nome de Haus. Inicialmente, o marido de Donya DeLuca estava cético, mas logo foi conquistado.

Haus já era adorado pela família antes de colocar-se em perigo entre Molly e a cobra. No início, ninguém tinha certeza do que estava acontecendo. A criança ficou assustada ao ver o cachorro se arremessar na frente dela.

Apost.com

Mas logo tornou-se aparente que um tipo de batalha havia ocorrido. O cachorro gritava e estava claramente sangrando. A família então se apressou para levar seu amado cachorro para o veterinário.

Haus sofreu pelo menos três mordidas da cobra. A melhor informação disponível sugeriu que a cobra era uma cascavel, possivelmente a venenosa Cascavel Diamante Ocidental, uma das espécies mais perigosas dos Estados Unidos.

O soro anti-ofídico é bastante caro e geralmente usado com muita moderação. Uma dose normal é de um ou dois frascos. Mas Haus foi colocado em uma alimentação por gotejamento e monitorado 24 horas, pois eles não sabiam quanto veneno ele tinha em seu sistema. As coisas estavam bem incertas no começo.

Todos estavam convencidos de que Haus tinha feito seu último sacrifício, negociando sua vida pelas vidas de Molly e sua avó. Eles não acreditavam que eles iria sobreviver.

Em entrevista, a pequena Molly contou à ABC, "Eu estava bem assustada." Mas o nada ortodoxo tratamento foi finalmente bem sucedido. Depois de uma semana, Haus voltou para casa.

É muito bom saber que o ceticismo do pai não ganhou o dia. Todo esse incidente poderia ter terminado de uma forma muito diferente para a família, e uma forma nada boa.

Este é um bom lembrete para que você corte sua grama e tente limitar lugares que servem de esconderijo no quintal. Esta história aconteceu nos Estados Unidos, mas com o tempo quente, até os quintais não são seguros também no Brasil, especialmente em algumas regiões menos urbanizadas, em que podem aparecer cobras e outros animais perigosos.

O que você acha desta história? Deixe sua opinião nos comentários abaixo. É uma história de bem-estar, mas que também serve de lembrete - certifique-se de que seus amigos também se lembrem ao compartilhar isso com eles!