Catorze anos depois que a sua filha desapareceu, a mãe de Natalee Holloway retorna à Aruba

Em 2005, o mundo ficou chocado com o desaparecimento misterioso de Natalee Holloway. Com apenas 18 anos, Natalee desapareceu em maio daquele ano, quando viajava com seus colegas de classe para Aruba para comemorar a formatura do ensino médio. Tarde da noite, Natalee foi gravada entrando no carro de Joran van der Sloot, de 17 anos, e dois dos seus amigos, Deepak e Satish Kalpoe, e nunca mais foi vista.

A mídia então começou a acompanhar o desaparecimento de Natalee enquanto milhares de pessoas procuravam a adolescente desaparecida. Embora Van der Sloot e os irmãos Kalpoe tenham sido presos em conexão com o desaparecimento de Natalee, nenhuma acusação foi feita e Natalee nunca foi encontrada. Apesar de nunca terem encontrado o seu corpo, Natalee foi declarada morta pelas autoridades de Aruba em 2012.

Durante todo o processo, a mãe de Natalee, Beth Holloway, permaneceu forte, incentivando o pessoal da mídia e da polícia a encontrar a sua filha. Pela primeira vez em quase uma década, Beth visitou Aruba com repórteres da ABC 20/20. Conversando com Deborah Roberts, Beth diz que, embora as autoridades nunca tenham apresentado queixa contra ele, ela está convencida de que van der Sloot assassinou Natalee.

Em 2012, van der Sloot foi condenado a 28 anos de prisão depois de ser considerado culpado pelo assassinato de Stephany Flores, 21 anos, no Peru, uma mulher que conheceu em um cassino. Aqueles próximos ao assassino condenado dizem que ele está mais preocupado em ser extraditado para os Estados Unidos devido à conexão com a morte de Natalee. Van der Sloot é atualmente casado e tem um filho com uma mulher que conheceu enquanto cumpria a sua sentença.

apost.com

Durante a sua visita à nação insular, Beth tentou falar com a mãe de van der Sloot, tocando a campainha da casa da família antes de ser afastada pela polícia. Uma emocionada Beth diz que não consegue mais olhar para o oceano, revelando a Roberts que, quando olha para as ondas, sente que nunca saberá o que aconteceu com a filha.

Em uma entrevista separada à Inside Edition, Roberts diz que parte da decisão de Beth de voltar à Aruba foi continuar com a sua vida. Roberts deixa claro que Beth acredita que ela nunca encontrará um encerramento após o que aconteceu com Natalee, mas ela pelo menos quer tentar seguir com a vida.

O que você achou da visita de Beth Holloway à Aruba depois de não pisar na ilha em quase uma década? Você acha que van der Sloot assassinou Natalee?