Adolescente coloca o bebê para adoção - 35 anos depois, descobre que ele está bem atrás dela

A gravidez pode ser uma coisa bastante assustadora de vez em quando. Existem diversos fatores que são levados em consideração quando se trata de ter um bebê. Além disso, criar um filho exige uma demanda incrivelmente alta de tempo e dinheiro.

Os 15 anos de idade tem seus momentos difíceis. Tempos constrangedores, de fato. Escola, drama, família, e ditar as vidas de muitas outras pessoas com a mesma idade.

apost.com

A última opção para a mulher é dar o filho para a adoção.

Ela não teve a oportunidade de encontrá-lo novamente. Com tantas fichas de bebês, ela não fazia ideia de como rastreá-lo.

No mês de Novembro de 2017, o legislativo aprovou uma lei que permitia que filhos adotivos tivessem o direito de saber quem são seus pais biológicos.

O bilhete dizia, "Já se passaram 13,075 dias desde que você me viu. Eu não queria deixar você esperando nem um a mais."


Diga-nos o que você achou dessa incrível história!